VCRC Blog

Notícias sobre a cena musical local de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) + Dicas de lançamentos de álbuns (nacionais e internacionais) + Podcast mensal

-

Independência ou Rock (06/09/14)

É INQUESTIONÁVEL QUEHeadhunter D.C. é uma das mais importantes bandas de death metal do país, assim como foi inquestionável que fizeram uma ótima performance na segunda edição do Independência ou Rock, que aconteceu em 06/09/14 no Centro de Cultura João Gilberto. Com uma história 27 anos de luta no underground, os caras começaram o show prometendo fazer daquela noite de sábado fria e nublada a mais memorável da cena metal de Juazeiro/BA. Somente a experiência no palco não é necessária para se fazer uma boa apresentação e os veteranos Paulo Lisboa (guitarra) e Sérgio Baloff (vocal) sabem bem disso: a empolgação dos integrantes era visível e foi devido à recepção calorosa dos headbangers locais. "Em Salvador a gente não tem essa cena", comentou Baloff no microfone, comandando a destruição que viajou por todas as fases do grupo. "O legal da cena underground é que ela nunca morre", disse ainda no começo do show iniciado por volta de 1 hora da madrugada.


A ABERTURA DO evento foi com a Crematorium executando "O Beijo da Morte", faixa principal de seu último álbum de estúdio, Death Metal, lançado em 2009. O trio, atualmente formado por Conde Alemão, Val Omen Christ e Júlio Brutal mostrou também algumas novas músicas e encerrou com "Demônios Vermelhos de Seth", do primeiro álbum; Conspiracy tocou após Headhunter D.C. já depois das 3 horas da madrugada e foi prejudica com a falta de tempo, mostrando menos de 50% de seu repertório focado nas bandas mais clássicas de thrash; Na programação ainda faltou a Aphelion, previamente anunciada mas ausente evento.