VCRC Blog

Notícias sobre a cena musical local de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) + Dicas de lançamentos de álbuns (nacionais e internacionais) + Podcast mensal

-

Ap. 805

Biografia atualizada em 12/02/2011


ATIVIDADE: De 1999 até o final de 2007, em Petrolina-PE
ESTILO: Hardcore, Pop/Rock, Alternative Metal
ÚLTIMOS MEMBROS: Vinicius (vocal), Vilão (guitarra), JC (bateria), Thiago “Cabrito” (guitarra), Fábio Malakian (baixo)
INFLUÊNCIAS: Ramones, Green Day, Deftones, Papa Roach, Dead Fish, Raimundos, Weezer, New Found Glory, My Chemical Romance
DISCOGRAFIA: Tudo Passa Em Menos de Um Segundo [Oficial, 2005], Um Novo Filme, Uma Nova História [Oficial, 2007]

DENTRE AS BANDAS DE rock do Vale do São Francisco a Ap. 805 talvez tenha sido a banda que adquiriu maiores conquistas e maior espaço fora de nossa região. Desde o lançamento Tudo Passa em Menos de Um Segundo, primeiro trabalho do grupo (gravação independente de 2004 realizada no Estúdio Anonimato, em São Paulo, sob o comando de Kiko Zambianchi e Régis Bolo, vocalista da banda O Surto), eles colecionaram várias conquistas como a aparição no quadros Dias De Banda (Jornal Hoje), Pernambuco Quero te Ver (Globo Nordeste), Vida de Artista (TV São Francisco) e vários links para a TV Grande Rio.

ALÉM DISSO, JÁ TOCARAM no mesmo palco de Artistas muito conhecidos a nível nacional (The Honkers, Rádio de Outono, Engenheiros do Hawaii, Astronautas, Daniela Mercury, entre outros) e em diversos eventos importantes, a exemplo do RPV (maior festival de rock de Petrolina) e Tabira Rock (um dos melhores eventos do interior do Nordeste). A canção “Sem te Magoar” foi selecionada para o concurso Demo Hits (da operadora Claro) e a banda participou de fases classificatórias recifenses para o festival Rec-Beat em 2006 (ficando entre as dez melhores entre 130 concorrentes) e de compilações como Musicas Bacanas Para Pessoas Descoladas Vol.3 (F Records) e Pra Chacoalhar o Esqueleto (Choose One Records).

FORMADA EM 1999 NA cidade de Petrolina-PE pelos irmãos Vinicius e Vilão, foi inicialmente batizada de Sentimento de Culpa. Fazem um som que mescla pop/rock, hardcore melódico e new metal com letras que tratam de amores e desamores, inspirados em Green Day, Deftones, Dead Fish, Papa Roach e várias outras bandas. Lançaram dois discos e o último show aconteceu em Irecê-BA, no final de 2007, e desde então seus integrantes não se reuniram mais para tocar em uma pausa por tempo indeterminado que dura até hoje. Pretensões de uma volta em 2009 foram anunciadas, porém não chegou a realizar-se devido a problemas particulares (incluindo família, trabalho e estudos).

(Por Giuseppe Menezes com Contribuição de JC)

ÁLBUNS: