VCRC Blog

Notícias sobre a cena musical local de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) + Dicas de lançamentos de álbuns (nacionais e internacionais) + Podcast mensal

-

Jam no João movimentará noites de quinta-feira no CCJG

COM ESTREIA MARCADA para o dia 8 de maio, no foyer do Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro/BA, a 1ª temporada do projeto Jam no João chega à região com o interesse de oferecer música instrumental de qualidade, com o toque característico das jam sessions que acontecem pelo país afora: a improvisação. Além da banda base do Jam no João, formada por músicos locais, as atividades são abertas para participação de outros artistas que desejam compartilhar seu trabalho, sempre no esquema “é só chegar”. O Jam no João será realizado todas as quintas-feiras, nos próximos seis meses, das 19h às 20h30, com entrada gratuita.

COM A PRODUÇÃO musical de Cristiano Lima e executiva de Celso de Carvalho, o Jam no João tem o apoio financeiro do Governo da Bahia, Secult e Fundação Cultural do Estado da Bahia, através do Edital Setorial de Música 2013. As noites musicais serão lideradas por uma Banda Base formada por oito músicos. São eles Celso de Carvalho (flauta), Celso José (bateria), Edésio César (guitarra), Elianderson Coelho (baixo), Levi Carvalho (violão), Robertson Ferraz (sax), Soneca (teclados), Wagner Miranda (percussão).

PELA PRIMEIRA VEZ na região de Juazeiro/BA, Petrolina/PE e vale do São Francisco, surge um projeto que oferece uma programação continuada, voltada para música instrumental. “Nossa região conta com grandes músicos que já trabalham com muita gente de fora e sentem a necessidade de montar uma cena local”, explica o produtor musical. O Jam no João oferece aos músicos a oportunidade de exercitar e expressar seu talento, trocar informações musicais e, principalmente, praticar a improvisação, atividade apontada por muitos especialistas como a regra número um do jazz. O Jam no João prevê também ensaios abertos mensais, para que músicos menos experientes também possam adquirir mais experiência.

O LOCAL ESCOLHIDO para sediar o projeto não foi ao acaso. O Centro de Cultura João Gilberto é hoje considerado o espaço que reúne as principais mostras e eventos culturais de Juazeiro e, carinhosamente, emprestou seu nome ao título do projeto. Ali, a efervescência cultural da cidade aflora todas as semanas com peças de teatro, amostras culturais, exposições fotográficas, shows, ou seja, uma gama de eventos que permite a circulação constante de pessoas com diferentes olhares, percepções e bagagem culturais, mas com uma característica em comum: o interesse pelo que há de novidade no cenário cultural. É este público misto e diversificado que o Jam no João pretende cativar ao longo das semanas e meses.

O MÚSICO E executivo do projeto, Celso de Carvalho, percebeu que a região tem excelentes instrumentistas e muitos amantes do jazz e do blues e, por isso, acreditou que havia um novo espaço a ser ocupado. “O Jam no João vem para oferecer música boa, novos horizontes estéticos, ao invés de ficar apenas reclamando que o público não gosta, ou que por aqui não é possível acontecer algo novo. Acreditamos que o povo gosta de música boa, mas ela precisa ser oferecida e de forma contínua. A partir daí, o sucesso depende apenas do boca a boca, quem vai, gosta, chama mais alguém, daqui a pouco vira point e aí tudo se realiza”, explica Carvalho.

SOBRE O REPERTÓRIO do Jam no João, a presença da sanfona na Banda Base diz tudo: os arranjos que fazem parte da formação dos músicos não negarão as raízes dos ritmos brasileiros, e o que se pode esperar, são as bases do jazz brasileiro, ou seja, muita bossa nova e chorrilho. “Estamos na terra de João Gilberto, é natural que a bossa nova também esteja em nosso repertório. De qualquer maneira, é tudo de forma livre, descontraída, é um diálogo com o público, será um aprendizado muito rico para todos”, conclui Carvalho.

(Fonte: divulgação)

SERVIÇO:
Jam no João
Data: Todas as quintas-feiras, a partir de 8 de maio.
Local: Centro de Cultura João Gilberto (Rua José Petitinga, s/nº, Santo Antônio, Juazeiro/BA)
Horário: 19h às 20h30.
Entrada: gratuita