VCRC Blog

Notícias sobre a cena musical local de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) + Dicas de lançamentos de álbuns (nacionais e internacionais) + Podcast mensal

-

Surpresas e Despedidas na 6ª Edição do Bodezilla

A 6ª EDIÇÃO DO Bodezilla, apelidada de Bodezilla 666, aconteceu no dia 28/03/2010 na Associação de Moradores do Bairro Areia Branca (Petrolina-PE) e atraiu um público bem superior à edição anterior, realizada em Juazeiro-BA.

PROGRAMADO PARA começar às 16h, sofreu um atraso de pouco mais de uma hora e trouxe a banda de death metal Assassination para estrear o palco. Devido aos constantes ensaios que dizem realizar, mostraram um som de qualidade ― para a surpresa dos que não os conheciam ― e conseguiram juntar dezenas de headbangers naquele final de tarde que abriria a noite para as próximas cinco bandas. A Fúria Ribeirinha foi a atração seguinte e tocaram as quatro faixas autorais presentes na demo Carnacaos e algumas músicas cover de System of a Down, fazendo a alegria dos fãs de nü metal. Andranjos, a terceira banda a tocar, conseguiu atrair o melhor público da noite até então e apresentaram músicas que deverão integrar o próximo disco, mas que o público já conhecia e cantava. Quem quisesse conhecer mais podia comprar Quando Meu Coração Parar, primeiro álbum da Andranjos, que estava sendo vendido no local (além de uma camisa).


O GRUNGE SERIA o próximo estilo a soar, e para isso a BurnOut subiu ao palco naquele que foi o último show da banda. E para relembrarem as primeiras apresentações decidiram preencher quase todo o repertório com as músicas do Nirvana, salvo “Me Sigam Até a Luz”, e autoria da banda e um cover da música “Creep” (Radiohead), que finalizou o show com os integrantes visivelmente emocionados. O fim da BurnOut se deve à saída de Magno, vocalista e líder da banda que está de partida da região m busca de novos horizontes. Crematorium seria aquela que encerraria as atividades da noite, mas o show foi cancelado devido à ausência do então antigo baterista, que não honrou seu compromisso e desfalcou o grupo (a partir daquele dia Heron já era o novo baterista). Apenas o novo disco da Crematorium, Death Metal, tocou como trilha para a preparação da próxima atração. Desconhecidos por muitos, a Tenente Malagueta (que não estava prevista para tocar) trazia uma proposta de tocar pop/rock e mostraram quatro músicas que incluíam covers de Los Hermanos e Kings of Leon. Houve quem criticou a inclusão de última hora da banda, mas não decepcionaram outra parte do público presente. Houve quem criticou a ausência de clássicos do hard rock, mas não decepcionaram outra parte do público presente. O encerramento ficou a cargo da Maggica, que foi a outra banda de melhor público da noite. Os headbangers novamente voltaram à cena e acompanharam faixa a faixa o repertório heavy metal apresentado pela última atração, que acabou por volta das 23h30.


O EVENTO MERECE destaque pela ausência total de confusão e ao público fiel que ficou até o fim das prometidas 6 horas de rock, acabando toda a cerveja e voltando em paz para casa. Charles, um dos integrantes da Orion e da Rock Survivor, que organizaram a festa, disse que a próxima edição do Bodezilla deve acontecer ainda este ano de 2010, pelos meses de julho ou agosto. Agora é só aguardar e esperar que seja o mesmo sucesso.

Por Giuseppe Menezes